Deputado Gil Cutrim e outros 26 parlamentares pedem, ao STF, impeachment do ministro da Educação

  • 10 de fevereiro de 2020

O Deputado Gil Cutrim (PDT-MA) e outros 26 parlamentares pediram ao Supremo Tribunal Federal (STF) o impeachment do ministro da Educação, Abraham Weintraub, por crimes de responsabilidade fiscal.

A Comissão externa de acompanhamento do MEC, no qual o deputado é membro, apurou por quase um ano, diversas irregularidades, como a ineficiência na correção das provas do ENEM de 2019, a execução de apenas 4,4% de verba reservada para investimento e perda de R$ 1 bilhão resgatados da Operação Lava Jato e que deveria ser investido na pasta. As irregularidades foram observadas pela Comissão por meio de análises e reuniões entre os membros da Comissão.

“Diante dos devaneios do ministro da Educação Abraham Weintraub, não podemos permitir que a questão educacional seja tratada como picadeiro de circo. Eu, que fiz parte da Comissão Externa de acompanhamento do Ministério da Educação no ano passado, ainda não consegui enxergar um projeto sólido de educação para o País. Como membro da Comissão, me preocupo por ainda não termos apresentado pelo ministro, um plano estratégico de avanço nas questões educacionais do Brasil e nem um plano de valorização de professores”, questionou o parlamentar.

Baseado na Lei do Impeachment (Lei nº 1.079/50) que trata de atos incompatíveis ao decoro do cargo, e a prática de condutas que afrontam o artigo 37 da constituição, Gil Cutrim e os deputados Felipe Rigoni, Tabata Amaral, João Campos, Raul Henry, Reginaldo Lopes, Professor Israel, Aliel Machado, Rodrigo Agostinho, Marcelo Calero, Maria do Rosário, Perpétua Almeida, Margarida Salomão, Danilo Cabral, Rafael Motta, Joênia Wapichana, Fabiano Tolentino, Márcio Jerry, Pedro Uczai, Edmilson Rodrigues, Alexandre Padilha, Fernanda Melchionna, Henrique Fontana, Rosa Neide e Alexandre Frota e pelos senadores Alessandro Vieira e Fabiano Contarato, pediram o impedimento imediato de Weintraub.

Rede de ensino no Maranhão – O deputado maranhense Gil Cutrim sempre foi defensor da Educação. Quando prefeito de São José de Ribamar, que fica na região metropolitana de São Luiz, elevou os índices educacionais do município. O deputado alcançou as metas previstas pelo Ministério da Educação na melhoria da rede pública de ensino e transformou a educação municipal em uma das 50 melhores do Brasil segundo o MEC. Gil Cutrim inaugurou creches e escolas, revitalizou outras 60 instituições de ensino público, implantou em 30, os laboratórios de informática e aumentou em mais de 77% o salário dos professores durante o seu mandato.

Deixe o seu comentário