Gil Cutrim defende prevenção e combate à depressão

  • 28 de agosto de 2019

Considerada o mal do século XXI, a depressão é uma doença que vem sendo alertada há muitos anos pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Já levada como a principal causa de incapacidade em todo o mundo, últimos levantamentos apontam que mais de 300 milhões de pessoas sofram com a depressão, deste mais de 11 milhões estão no Brasil.

Diante da seriedade do tema, o deputado federal Gil Cutrim (PDT-MA) protocolou, nessa terça-feira (27), na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 4712/19, cuja proposta é instituir o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Depressão no Brasil, no dia 13 de setembro. De acordo com Cutrim, a ideia é chamar a atenção do Parlamento e de setores da sociedade para a questão.

“O atendimento à depressão, hoje, é um dos maiores desafios para a Saúde Pública”, argumenta. Precisamos, todos, atuar sem descanso para a criação de um conjunto de políticas públicas que ajudem a construir um modelo de atenção àqueles que sofrem com a depressão, facilitando o diagnóstico e o tratamento”, argumentou o autor da proposta.

Diante dessa realidade, Cutrim reforçou que o projeto é uma iniciativa com o objetivo de promover discussões nos estados e municípios brasileiros sobre o atendimento à pessoas com depressão e contribuir com avaliação de políticas públicas na área.

Em plenário, o parlamentar parabenizou a Assembleia Legislativa, o Governo do
Maranhão e o deputado estadual Fábio Macedo (na foto), autor da lei que estabelece o Dia Estadual de Combate a Depressão.

“Na Câmara Federal, iremos defender a criação desta data nacional, bem como políticas públicas voltadas ao auxílio psicológico à depressão”, afirmou Cutrim. “Já dei entrada ao Projeto de Lei em âmbito federal, com o intuito de que essas ações sejam aplicadas em todo o território brasileiro. Com muito trabalho, poderemos ajudar todos os que enfrentam esta terrível e silenciosa doença”, acrescentou o parlamentar.