Maranhão ganhará presente com acordo de Alcântara22

  • 20 de setembro de 2019
  • Comments are off for this post.

O projeto que trata do lançamento de satélites a partir da base de Alcântara, no Maranhão, o qual contém o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) assinado entre Brasil e Estados Unidos, é uma grande oportunidade para impulsionar o programa espacial brasileiro e oferecer investimentos que levem avanços socioeconômicos à região. O Maranhão ganhará um presente por, finalmente, ver funcionar de forma efetiva sua base, que perdeu mais de 20 anos de desenvolvimento, o que é inaceitável quando é almejada pelo mundo inteiro devido sua localização geográfica, considerada uma das melhores do mundo para lançar satélites. Também é importante levar em consideração que não há como negar que um acordo com os EUA, sendo este um país que domina a tecnologia no setor, não seja o melhor cenário do ponto de vista estratégico, econômico e social para o Brasil. A estrutura já existe e precisa ser utilizada de forma inteligente. Além da viabilidade comercial e de guardarmos as tecnologias norte-americanas utilizadas na base, temos a expectativa de que, nos próximos cinco anos, seja injetado na economia do estado um valor em torno de US$ 4 bilhões, o que vai movimentar a economia e, consequentemente, gerar empregos na região. O Brasil será colocado em outro patamar estratégico. O acordo trará progresso para a região e para o País, onde nunca teve um programa espacial bem aproveitado. Porém, toda mudança deve preservar a sustentabilidade. Alcântara é reconhecida oficialmente como um território étnico quilombola, protegido pela Constituição. É preciso haver respeito à população quilombola que vive na região e a preservação de sua cultura, bem como a geração de novas perspectivas. Parabenizo a bancada maranhense na Câmara dos Deputados por, desde o início, acompanhar de perto essa questão, com a intenção de tornar isso possível. Uma agenda que garanta o desenvolvimento do nosso Maranhão e de nossa Nação é, e sempre deverá ser, um compromisso de todos.222

Gil Cutrim defende prevenção e combate à depressão22

  • 28 de agosto de 2019
  • Comments are off for this post.

Considerada o mal do século XXI, a depressão é uma doença que vem sendo alertada há muitos anos pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Já levada como a principal causa de incapacidade em todo o mundo, últimos levantamentos apontam que mais de 300 milhões de pessoas sofram com a depressão, deste mais de 11 milhões estão no Brasil. Diante da seriedade do tema, o deputado federal Gil Cutrim (PDT-MA) protocolou, nessa terça-feira (27), na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 4712/19, cuja proposta é instituir o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Depressão no Brasil, no dia 13 de setembro. De acordo com Cutrim, a ideia é chamar a atenção do Parlamento e de setores da sociedade para a questão. “O atendimento à depressão, hoje, é um dos maiores desafios para a Saúde Pública”, argumenta. Precisamos, todos, atuar sem descanso para a criação de um conjunto de políticas públicas que ajudem a construir um modelo de atenção àqueles que sofrem com a depressão, facilitando o diagnóstico e o tratamento”, argumentou o autor da proposta. Diante dessa realidade, Cutrim reforçou que o projeto é uma iniciativa com o objetivo de promover discussões nos estados e municípios brasileiros sobre o atendimento à pessoas com depressão e contribuir com avaliação de políticas públicas na área. Em plenário, o parlamentar parabenizou a Assembleia Legislativa, o Governo do Maranhão e o deputado estadual Fábio Macedo (na foto), autor da lei que estabelece o Dia Estadual de Combate a Depressão. “Na Câmara Federal, iremos defender a criação desta data nacional, bem como políticas públicas voltadas ao auxílio psicológico à depressão”, afirmou Cutrim. “Já dei entrada ao Projeto de Lei em âmbito federal, com o intuito de que essas ações sejam aplicadas em todo o território brasileiro. Com muito trabalho, poderemos ajudar todos os que enfrentam esta terrível e silenciosa doença”, acrescentou o parlamentar.222