Gil Cutrim se reúne com personal trainers para tratar de Lei22

  • 13 de janeiro de 2020
  • Comments are off for this post.

O Deputado Federal Gil Cutrim se reuniu com personal trainners de São Luís e o vereador Paulo Victor para tratar da “Lei do Personal” de autoria do Cutrim, que tramita na Câmara Federal, além de outras reivindicações da categoria. O PL 2488/19 trata sobre a atividade dos personais trainners dentro das academias e permite que os profissionais possam exercer sua atividade comercial sem cobrança de taxas por parte das academias. A Lei já existe nos âmbitos municipal (São Luís) e estadual, de autoria do vereador Paulo Victor e do Deputado Estadual Felipe dos Pneus, porém está suspensa por decisão judicial. Uma das grandes deficiências das academias é o número de profissionais oferecidos insuficiente para atender a quantidade de alunos matriculados, o que força os mesmos recorrerem ao trabalho do personal fora, “estamos suprindo uma deficiência das academias e ainda somos taxados abusadamente por isso”, disse a personal Vanessa Duarte. A classe segue fazendo paralisações e manifestações para derrubar a decisão judicial e se faça cumprir a Lei, “é injusto que nosso cliente tenha que pagar duas mensalidades, apenas por ter um personal, é abusivo e fere os direitos do consumidor uma vez que não vamos usufruir da academia, mas acompanhar nossos alunos”, disse a personal Luciana Motta. Em sua conta no Twitter, Gil declarou apoio irrestrito aos personal e não medirá esforços para que a Lei seja aprovada em âmbito federal, “Reuni com personal trainners e o vereador de SL, Paulo Victor para dialogarmos sobre a “Lei do Personal” que está suspensa judicialmente no estado, e discutir sobre o PL 2488/19, de minha autoria, que tramita na Câmara. Ratifiquei, no encontro, o meu total apoio, conte comigo”, disse222

Gil Cutrim alerta para degradação ambiental e propõe programa de recuperação de rios do MA22

  • 23 de julho de 2019
  • Comments are off for this post.

Durante a Semana Mundial do Meio Ambiente (primeiro a 5 de junho), o deputado Gil Cutrim apresentou o projeto 3291/19, que institui o programa de recuperação ambiental “Proteção das Águas dos Rios Maranhenses”. Pela proposta, o produtor rural em regime familiar que promover a reposição florestal e o desassoreamento dos rios poderá deduzir parte dos custos com essas ações do imposto de renda.

O projeto estabelece que o proprietário rural terá direito a descontar valor correspondente ao montante gasto em recuperação da cobertura florestal e desassoreamento de rios multiplicado pela alíquota do imposto. O limite de dedução é de 10% do total a ser pago.

mAinda conforme a medida de Cutrim, os recursos para financiar as iniciativas previstas no programa virão do Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA). O parlamentar argumenta que “hoje, ao se olhar para o rio Itapecuru, observa-se uma paisagem desoladora, em processo de degradação desenfreada”. O deputado ressalta que o rio é responsável pelo abastecimento de quase metade do Maranhão.

222